Instituto Brasileiro de Museus

Museu Regional Casa Dos Ottoni

Francisco de Assis do Rio ao Riso

publicado: 23/09/2019 16h19, última modificação: 23/09/2019 16h19

Dentre as ações que buscarão discutir o papel dos museus como centros emanadores e, igualmente, receptores de práticas, costumes e pensamentos de nossa cultura, foi programado para o dia  28 de setembro de 2019, às 18h, a  apresentação teatral “Francisco de Assis – do rio ao riso” do ator Carlos Nunes.

Em pleno tempo de homenagens a tantos ícones da história artístico-cultural de toda ordem, surgiu a ideia de se falar sobre um grande herói, Francisco de Assis. Tudo com muito humor, como é característico na trajetória de sucesso do artor Carlos Nunes, nos palcos mineiros. Isso, além da riqueza histórica e uma boa dose de poesia. Ele divide o palco com o ator André Maurício, com direção do próprio Carlos Nunes, e texto de Márcio Ares.

O espetáculo traduz a imagem não só do santo, mas do homem genial que foi Francisco, da sua infância até a sua morte. Toma-se dele a humanidade com que enfrentou o seu desafio de mais amar que ser amado. “A ideia é fazer rir sem ofender. É divertir sem blasfemar. Sem ferir a aura de santo que lhe é peculiar, o espetáculo mostra, sob uma nova e divertida perspectiva, a sua fraterna existência sobre a terra”.

Natural da cidade de Serro-MG, Carlos Nunes e formado em Artes Cênicas pelo Palácio das Artes, em 1980, tem em seu currículo diversas comédias de sucesso, principalmente em Minas Gerais, tais como: “Com Jeito Vai”, “O Noviço”, “A Comédia dos Sexos” – quando dividiu o palco com o grande Rogério Cardoso, “Pérolas do Tejo”, “Como Sobreviver em Festas e Recepções com Buffet Escasso” e “Comi uma Galinha e Paguei o Pato”. Tem ainda em seu curriculum o Prêmio Multishow do Bom Humor, além de participações em programas como Sai de Baixo, A Diarista, Show do Tom e Programa do Jô.